Saiba quais são 4 das principais causas da obesidade

Saiba quais são 4 das principais causas da obesidade

 

Saiba quais são 4 das principais causas da obesidade

As causas da obesidade são variadas, além de atingir as pessoas de formas diferentes. De maneira geral, trata-se do acúmulo excessivo de gordura no corpo e isto ocorre por comermos mais do que gastamos.

O tipo de obesidade se abdominal ou nos quadris indica maior ou menor risco para doenças cardiovasculares. Se com inicio na infância ou na vida adulta tem seu tratamento diferenciado. O que temos que entender é que a ingestão de calorias superior a sua queima diária se dá por alterações no apetite, no sistema nervoso e em ação dos hormônios. Algumas destas causas são influenciadas pela genética do paciente.

A questão é que o problema pode ir muito além de alterar a aparência física da pessoa ao gerar consequências: aumentar o risco do surgimento de doenças como o diabetes, a hipertensão, a apneia, o câncer e várias outras complicações.

Por isso, é fundamental buscar informação e ajuda para reverter a situação e garantir maior qualidade de vida. Então, leia o post que preparamos e conheça algumas das causas da doença.

Saiba 4 das principais causas da obesidade

1. Distúrbios cerebrais

Entre as diversas causas da obesidade estão algumas disfunções cerebrais, que apresentam sinais como ansiedade, mau humor, enxaqueca ou até mesmo distúrbios na infância como sonambulismo e o fato de urinar na cama além do tempo normal.

Assim, doenças como a Disfunção Cerebral Mínima (DCM) reforçam a necessidade de tratar tanto o sobrepeso como os desajustes do sistema nervoso. Outro exemplo é a Síndrome do Comer Noturno, que resulta de uma anomalia na produção de hormônios como a leptina e a melatonina que acaba desregulando a fome do paciente.

Esses transtornos nos ajudam a perceber que o tratamento da obesidade deve ser individualizado, já que as causas podem ser distintas e involuntárias, ou seja, não se trata de um simples descontrole ou de falta de força de vontade para emagrecer.

A variação de hormônios como a cortisona, adrenalina e insulina acaba influenciando o apetite e o estoque de gordura. Por isso, os fatores cerebrais constituem um ponto importantíssimo a ser avaliado.

2. Depressão

Há fatores psicológicos que podem causar desequilíbrios emocionais que favoreçam doenças como a obesidade. Sintomas como a irritabilidade e a ansiedade podem ser indicadores da existência de alterações que favoreceram o ganho de peso.São indicadores de patologias que devem ser tratadas concomitante com o tratamento para perda de peso.

É necessário que cada pessoa seja avaliada. Cada paciente é um caso único. Portanto, procure um médico se você acha que esse pode ser seu caso.

3. Maus hábitos

Existem determinados hábitos que alteram as funções hormonais.

Entre esses hábitos prejudiciais estão dormir mal e poucas horas por noite, uma vida estressante, além da pouca ingestão de cálcio. Outro mau habito é comer muitas calorias no final do dia ou não comer nenhuma proteína pela manhã.

Por exemplo, quem tem uma vida social muito intensa deve ter alguns cuidados para que isso não colabore com o ganho de peso. Há truques que podem ajudar a diminuir o consumo calórico  que este tipo de vida propicia. Por exemplo: nunca vá ha uma reunião social sem comer algo antes.

4. Bactérias intestinais

Muita gente não sabe, mas existem 600 ou 700 trilhões  de bactérias, vírus e fungos intestinais que favorecem que as pessoas engordem ou que se mantenham magras. Interferem, também, na hipertensão arterial, presença ou não do diabetes e depressão entre outras doenças. Isto é tão forte que já, em outros países,  banco de “fezes” para que se possa transplantar bactérias do intestino de doadores para os do paciente em questão.

Portanto:

saiba quais são 4 das principais causas da obesidade
saiba quais são 4 das principais causas da obesidade

Por fim, a adoção de um estilo de vida saudável e o controle do peso corporal fazem parte dos cuidados com a saúde. Diante disso, ao perceber uma variação excessiva do peso, é recomendável um tratamento adequado.

E então, conseguiu entender um pouco mais sobre as causas da obesidade? Para continuar informado e recebendo outras dicas, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Sobre o Autor

Deixe um comentário

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH