Problemas para emagrecer? Entenda mais sobre as possíveis causas

Problemas para emagrecer? Entenda mais sobre as possíveis causas

Problemas para emagrecer? Entenda mais sobre as possíveis causas

O sobrepeso é um problema muito comum nos dias de hoje, especialmente por conta do estilo de vida moderno, que privilegia o mercado profissional e contribui para que as pessoas acabem ficando mais sedentárias. No entanto, essas certamente não é a única razão para alguém ter problemas para emagrecer.

O fato é que a obesidade é multifatorial e cada pessoa é diferente, tanto em termos de metabolismo ou até mesmo pela existência de alguns tipos de patologias que possam fazer com que o emagrecimento ocorra de forma mais lenta.

Quer aprender um pouco mais sobre esse tema? Continue a leitura!

Causas para a obesidade

Alimentação inadequada

Como dissemos, a obesidade pode ter diversas causas diferentes. No entanto, é inegável que a alimentação inadequada é um dos fatores mais importantes nesse contexto e é mais perceptível ainda nos dias de hoje, nos quais as pessoas não querem perder tempo e apostam em fast-food ou outras soluções rápidas e pouco saudáveis.

As vezes controlamos a qualidade dos alimentos mas “pecamos” na quantidade. Outras vezes o erro é na qualidade.

Quem está tendo problemas para emagrecer precisa prestar atenção ao seu plano alimentar, procurando opções mais naturais e menos industrializadas. Em linhas gerais, qualquer pessoa que consumir mais calorias do que pode gastar acumulará o excesso em forma de tecido adiposo, formando uma reserva energética.

Hábitos de vida

Os hábitos de vida também têm um impacto importante em quem tem problemas para emagrecer e eles vão muito além do plano alimentar. Um fator que poderia gerar um equilíbrio muito maior entre as calorias consumidas e as calorias gastas é a prática desportiva, mas nem sempre ela é valorizada como deveria. Mesmo tornar se mais ativa já ajuda. Comprar o jornal no jornaleiro – obriga andar algumas quadras. Estacionar o carro mais distante do escritório,também.

Dormir pouco ou com sonos não reparador também contribui para dificuldade em perde peso.

Exercícios como a musculação, por exemplo, aceleram o metabolismo e continuam demandando um consumo maior de energia mesmo em repouso, por até 48 horas após a sessão de treinamentos. Os aeróbicos também têm um valor importante, pois são campeões na queima de gorduras em curto prazo.

Questões hormonais

Um ponto que não pode ser sonegado é que existem fatores que fogem ao controle da pessoa e variam de indivíduo para indivíduo. Mesmo que você se alimente bem e faça exercícios, você pode ter problemas para emagrecer em razão de outros itens muito importantes, como problemas hormonais, doenças endócrinas e síndromes genéticas.

Uma pessoa com problemas no funcionamento da tireoide, por exemplo, engordará mais facilmente, pois o T3, o T4 e o TSH estão diretamente relacionados com o metabolismo. O mesmo vale para outros hormônios. Homens com menor produção de testosterona ou mulheres na menopausa terão dificuldades semelhantes.

Ansiedade, depressão ou compulsão são causas de obesidade. Muitas vezes é a medicação para estes transtornos que  impedem a perda de peso e devem ser substituídas por outras que não promovam esta dificuldade.

Como funciona o tratamento para obesidade?

Diante de toda essa realidade que explicitamos, não é difícil perceber que o tratamento para a obesidade precisa ser individualizado e feito pelo médico, levando em conta as características, as expectativas, as demandas e, sobretudo, as causas que originaram o problema naquele determinado paciente.

Esse é o primeiro passo para perder peso e minimizar um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de outros problemas como o diabetes, a hipertensão e doenças cardiovasculares. Por se tratar uma doença multifatorial, a abordagem de um profissional com experiência é imprescindível.

Não devemos esquecer que obesidade é doença,não falha de carate, e é cronica. Se parar de tratar volta a engordar. É grave pois leva a diabetes, aumento do colesterol, patologias ortopédicas, cardíacas e circulatórias.

E agora, entendeu por que você pode estar tendo problemas para emagrecer? Gostou do conteúdo? Então confira também nosso artigo sobre as principais causas da obesidade!

veja também: mitos e verdades sobre os medicamentos para emagrecer

Sobre o Autor

Deixe um comentário

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH